Help Us Improve

Add, comment, or vote on ideas and you will receive updates on if they are implemented.  Critical comments are welcome.  Thank you!

Field suggestions from Brazil

From the field in Brazil.

 

Points for improvement

1. My Manual Search for Employment (MBE), features a user-friendly content, but dense,
to be fulfilled at the time of 2 hours. We can not forget that the practical concepts need
time to assimilate different theoretical concepts, another feature is that the group
each person demand of participants more time to assimilate what is discussed.
2. In this new method, the Group and the Process are the "teachers" think better and more comprehensible
mention this to explain the facilitator's role than ... Facilitators are not employment experts
or teaching. "It is not enough to have or be a facilitator who discorra on each manual and place the item
concept under discussion. The facilitator in my opinion is more than that, it's your responsibility to help
to internalize the people the items described in MBE lessons. Because if this does not happen they will not have strength
to meet the challenges and daily commitments of the lessons.
3. It is necessary that the videos mentioned in the lessons come with their respective URLs, it is not
indulgence, it is that I believe that facilitators not using videos would benefit from this
procedure, and in an era where time is short, not everyone has the same facility search
and curiosity.
4. Lesson 2, the MBE guides us to see a video called Interview, in my view the principle is being taught
the wrong way, it presents absurd situations when it comes to a job interview, which should
occur would present this valuable resource is the video, to teach the concept by correctly
"... I teach correct principles and they govern themselves. - Joseph Smith," and discuss among
participants positive attitudes observed.
5. I realize distinctly 02 Sub Groups in the area of ​​Employment, in our Ala Itatiba:
1. Those who have a job and want to get a new one.
2. Those that are currently unemployed.
My suggestion is that in an upcoming issue of MBE, may have something different to further motivate,
those who are unemployed, I realize that they need more encouragement and motivation.

 

********************

From: Jackson Tota <jackson@tota.com.br

Olá a todos 

 

Sou o Jackson Tota facilitador da Ala Itatiba para a área de Empregos. Vou fazer um relato a todos para mostrar 

a minha opinião sobre pontos positivos e pontos que necessitam de melhorias ,  deste novo Programa da área

de Bem Estar/Autossufiência. 

 

Pontos Positivos 

 

1. É o melhor Programa de Busca de Emprego que eu já conheci, na minha opinião, da maneira como está  

organizado é mais completo que outros semelhantes oferecidos no mercado por empresas de outplacement.

2. Além de tratar com dignidade as pessoas, possui um aporte espiritual inigualável.

3. Introduziu a figura do facilitador, que trouxe mais aproximação, compromisso e ajuda aos participantes

4. Possibilita o acesso a  uma Biblioteca de Mídia que não só ilustra os conceitos apresentados,  como ajuda 

aos participantes a se colocarem no lugar das pessoas,  além de ouvir/ver os conselhos da liderança da Igreja.

5. É oferecido sem custos aos interessados, enquanto outros do mercado na maioria dos casos somente é

oferecido  para pessoas que ocupam  altas posições nas empresas. 

 

Pontos que necessitam de melhorias

 

1. O Manual  Minha Busca por Emprego (MBE), apresenta um conteúdo de fácil compreensão, mas denso,  

para ser cumprido no tempo de 2 horas. Não podemos nos esquecer que os conceitos práticos necessitam de 

um tempo para serem assimilados, diferente dos conceitos teóricos, uma outra característica,  é que no grupo 

de participantes cada pessoa demanda mais tempo para assimilar o que está discutido. 

2. Neste novo método, o Grupo e o Processo são os "professores",   acho melhor e mais compreensível  

mencionar isto para explicar o papel do facilitador do que os ... Os facilitadores não são especialistas de emprego 

ou de ensino". É insuficiente ter ou ser um facilitador que discorra sobre cada item do manual e coloque o 

conceito em discussão. O facilitador em minha opinião é mais do que isso, é sua responsabilidade ajudar 

a internalizar nas pessoas os itens descritos nas lições do MBE., pois se isto não ocorrer eles não terão força

para cumprir os desafios e compromissos diários das lições.

3. É necessário que os vídeos mencionados nas lições venham com as suas respectivas URLs, não se trata de

comodismo, é que acredito que facilitadores que não utilizam vídeos poderiam ser beneficiados com este 

procedimento,  e em uma época onde o tempo é pequeno, nem todos possuem a mesma facilidade de procura 

e curiosidade. 

4. A lição 2, o MBE nos orienta a ver um Vídeo chamado a Entrevista, ao meu ver o princípio está sendo ensinado

pelo modo errado, pois apresenta situações absurdas na hora de uma entrevista de emprego, o que deveria 

ocorrer seria apresentar este recurso valioso que é  o vídeo, para ensinar o conceito pelo modo correto 

"... Eu ensino princípios corretos e eles se governam a si mesmo - Joseph Smith.", e discutir entre os 

participantes as atitudes positivas observadas.

5. Percebo distintamente 02 Sub Grupos para a área de Empregos, em nossa Ala Itatiba: 

1. Aqueles que possuem um emprego e desejam conseguir um novo.  

2. Aqueles que no momento estão desempregados.

A minha sugestão é que em uma próxima edição do MBE, possa ter algo diferenciado para motivar ainda mais,

aqueles que estão desempregados, percebo que eles necessitam de mais encorajamento e motivação.

 

Um abraço

 

Jackson Tota 

  • Ryan Jesperson
  • May 4 2015
  • Attach files